Esposa é morta a pauladas por usar ingrediente errado no jantar

Esposa é morta a pauladas por usar ingrediente errado no jantar

O advogado de defesa, Julie Clark, disse que Hussein admitiu bater em sua esposa

Um paquistanês supostamente bateu em sua esposa até a morte com um pedaço de pau depois dela ter feito o jantar de maneira errada. Noor Hussein, de 75 anos, acreditava que tinha o direito de disciplinar Nazar, de 66 anos, em seu apartamento no Brooklyn, em Nova York.

Mas os promotores afirmaram que ele matou a esposa porque ela tinha cozinhado uma refeição vegetariana usando lentilhas ao invés de carne de cabra.

Relatos indicaram que o réu pegou um pedaço de pau depois de começar a discussão por conta do erro da esposa, e lhe bateu no braço e na boca. O advogado de defesa, Julie Clark, disse que Hussein admitiu bater em sua esposa, mas relatou que em seu país de origem, atacar a sua esposa é algo comum.

Ela argumentou que Hussein, que conheceu sua esposa no Paquistão antes de se casar e mudar-se para Nova York, deve ser incriminado como homicídio culposo, já que não tinha intenção de tirar a vida de companheira.

Hussein teria atacado a esposa, que estava deitada na cama, a deixando com ferimentos profundos na cabeça, braços e ombros, e causando hemorragia cerebral. Em seguida ele tentou limpar o sangue que espirrou na parede do quarto, antes de chamar seu filho para ajuda-lo.

Noor Hussein, de 75 anos, acreditava que tinha o direito de disciplinar Nazar, de 66 anos, depois dela ter usado ingrediente errado para preparar jantar.

Fonte: Daily Mail