Sufocada, britânica é morta durante o sono pelo próprio marido

Sufocada, britânica é morta durante o sono pelo próprio marido

A morte aconteceu em abril, quando os dois, que moravam juntos havia pouco tempo, decidiram dormir em um sofá estreito, por sugestão da mulher

O britânico Robert Trigg, de 47 anos e 82 kg, matou acidentalmente sua namorada, Susan Nicholson, 52 anos e 51 kg, sufocada, enquanto eles dormiam em um sofá, segundo a imprensa britânica.

Susan foi sufocada pelo namorado por cerca de 15 segundos, mas foi o suficiente para matá-la, segundo o inquérito que apura o caso ocorrido em Worthing, West Sussex.

A morte aconteceu em abril, quando os dois, que moravam juntos havia pouco tempo, decidiram dormir em um sofá estreito, por sugestão da mulher.

Quando Trigg acordou de manhã, estava em cima da mulher. "Eu notei que não podia ouvi-la respirar", disse.

Ele afirmou que, inicialmente, os policiais pensaram que ele tinha matado Susan deliberadamente.

Mas o legista Michael Kendall concluiu que Susan teve hemorragias compatíveis com a pressão de alguém dormindo sobre ela e que não há evidências de que a morte tenha ocorrido por conta de uma discussão.

"Foi um acidente bizarro e eu perdi minha parceira", lamentou.

Fonte: g1, www.g1.com.br