Homem abre fogo contra escola nos EUA e depois se mata. Veja!

Homem abre fogo contra escola nos EUA e depois se mata. Veja!

Após uma discussão o acusado começou a atirar na direção dos funcionários da escola.



Um homem foi morto nesta terça-feira por um segurança de uma escola na Flórida, nos Estados Unidos, após atirar contra os representantes da instituição em uma reunião com os pais sobre os resultados obtidos pelos alunos, segundo informações da CNN.

No momento em que as pessoas presentes tiveram a oportunidade de se manifestar, Clay Duke, 56 anos, se levantou calmamente, usou um spray para pintar um "V" na parece, sacou sua arma e mandou que todos saíssem do local, e que apenas seis homens ficassem. Uma mulher, membro do conselho, ainda voltou para a sala onde estavam e atacou o homem com uma bolsa, mas ele a derrubou e não atirou. O motivo exato do descontrole do homem ainda não está totalmente esclarecido. Aparentemente, Duke estava reclamando da demissaão de sua mulher, sem, no entanto, esclarecer seu nome ou emprego.

Após uma discussão com os presentes, Duke, que havia avisado que alguém ia morrer, começou a atirar na direção dos funcionários da escola, que estavam sentados atrás de uma bancada em frente ao intruso. Os tiros, porém, não atingiram ninguém, apesar da proximidade. Foi então que Mike Jones, chefe da segurança da escola, trocou tiros com Duke, que caiu no chão. Ferido, o invasor acabou atirando na própria cabeça, de acordo com as autoridades locais.

O incidente deixou os membros do conselho escolar em choque, sem conseguir encontrar uma razão para o ocorrido. Duke foi declarado morto após ser atendido em um hospital local.

Fonte: Terra