Homem passa 18 anos na estrada à procura de seu filho desaparecido

Isso porque o homem passou os últimos 18 anos na estrada, em busca de seu filho desaparecido

A história de Guo Gantang, de 45 anos, ganhou notoriedade nas mídias sociais da China, espalhando-se pelo mundo.

Isso porque o homem passou os últimos 18 anos na estrada, em busca de seu filho desaparecido.

O calvário de Guo começou em 21 de setembro de 1997, quando Guo Zhen, seu filho de dois anos de idade, foi raptado do portão da frente de sua casa, em Liaocheng, província de Shandong. De acordo com uma menina que estava brincando com ele, Zhen foi roubado por uma mulher de meia-idade. Desde então, o pai com o coração partido tem dedicado sua vida a encontrar o menino. Guo tem viajado mais de 400.000 quilômetros por todas as províncias da China, exceto no Tibete, já desgastando 10 motocicletas no processo.

Na esperança de que alguém possa reconhecer o menino e lhe dar algumas informações úteis, Guo sempre carrega duas bandeiras com uma foto antiga do garoto amarradas em sua moto.

Guo Gangtang, um homem jovem de vida estável, agora tem um rosto enrugado cobertos de marcas de todos os anos em que passou na estrada. Seus olhos revelam toda a dor e angústia que ele sofreu por quase duas décadas. A família Guo nunca tirou uma foto de família desde o sequestro.

Infelizmente, Guo não tem sido bem sucedido até agora, mas no curso de sua busca, ele tornou-se um herói para outros pais com crianças desaparecidas. Com a sua ajuda, dezenas de crianças foram devolvidas às suas famílias. Guo, no entanto, disse que nunca participa das festividades, porque ele está à espera de seu próprio filho. Houve momentos em que ele tinha menos de 5 centavos no bolso, nem mesmo o suficiente para comprar uma refeição, mas jamais perdeu a esperança de um dia encontrar seu filho.


"Eu continuo dizendo, 'talvez amanhã Guo volte’, mas que ‘amanhã’ ainda está por vir", disse ele. Suas únicas preocupações é que sua antiga casa pode ser demolida enquanto ele está na estrada e de que o filho não o reconheça, após o reencontro.

A dolorosa história de Guo foi a inspiração para o filme ‘Lost and Love’, lançado este ano, estrelado por Andy Lau. Muitas pessoas conheceram sua situação depois de assistir ao filme, e agora estão mostrando seu apoio através das mídias sociais.

De acordo com uma reportagem da BBC, mais de 20.000 crianças são raptadas na China a cada ano. Em seguida, são colocadas no mercado negro ou vendidas abertamente em ambiente online.






 

Fonte: jornalciencia