Homem perde os sete filhos em incêndio e lamenta: 'Perdi tudo'

Os nossos desejos são pequenos comparados com o que Hashem planejou", disse o homem. Os corpos das crianças, que tinham entre 5 e 16 anos, serão levados para Israel e o enterro será em Jerusalém.

Gabriel Sassoon perdeu sete dos seus oito filhos durante o incêndio que destruiu sua casa, na manhã de sábado, no Brooklyn, nos Estados Unidos. "Todos eles tinham rostos de anjos. Hashem (Deus) sabe o quanto que eu os amo", disse o pai, desolado. A comunidade judaica compareceu em peso ao cortejo fúnebre que aconteceu neste domingo. Mais de mil pessoas aguardavam do lado de fora da funerária onde estavam os corpos.

"Eu perdi tudo no incêndio. Sete ovelhas. Meus sete filhos", soluçou Gabriel em entrevista ao New York Post. "Só há uma maneira de sobreviver a isto. Os nossos desejos são pequenos comparados com o que Hashem planejou", disse o homem. Os corpos das crianças, que tinham entre 5 e 16 anos, serão levados para Israel e o enterro será em Jerusalém.

Gabriel revelou que a esposa planejava viajar com os filhos neste fim de semana, mas desistiu por causa do mau tempo. Ela queria visitar os pais em Nova Jersey, enquanto o marido participava de um retiro religioso. Gayle Sassoon segue internada em um hospital no Bronx, onde luta por sua vida. Ela não sabe que os filhos morreram. Além dela, Siporah, de 15, única sobrevivente dos irmãos, foi sedada e segue internada. Os dois conseguiram escapar do incêndio ao pularem a janela do segundo andar da casa.

"Ninguém disse a ela (Siporah). Eu não tenho ideia de como ela vai lidar com isso. É terrível", disse um amigo da jovem. De acordo com as autoridades locais, o incêndio começou na cozinha da casa, ocasionado por um prato elétrico, que mantinha a comida quente.

Eliane, de 16 anos, David, de 12, Rebeca, de 11, Yeshua, de 10, Moshe, de 8, Sara, de 6, e Yaakob, de 5, foram declarados mortos no local. O cortejo deles sensibilizou toda a comunidade.




Fonte: Extra