Homem processa BMW após andar de moto e ter ereção de 20 meses

O advogado do homem alega que ele sofre com o problema de ereção

Um homem morador da Califórnia (EUA) processou a BMW e um fabricante de assentos de motocicletas, alegando que um passeio em sua moto BMW 1993 causou um caso grave de priapismo (uma persistente e duradoura ereção), que já tem durado mais de 20 meses. Embora existam preocupações sobre os assentos que causam perda de sensibilidade nessa área para homens e mulheres, este é o primeiro relato dessa intensidade. A ação contra a BMW e a empresa de assentos Corbin-Pacific foi arquivada no Tribunal Superior de São Francisco na última quinta-feira. As informações são do jornal USA Today.

O advogado do homem alega que ele sofre com o problema de ereção desde setembro de 2010. Segundo o defensor, depois de quatro horas, a ereção torna-se um problema se persistir. O advogado alegou que seu cliente "agora é incapaz de se envolver em atividades sexuais e está angustiado emocionalmente e mentalmente." Ele tenta indenização por salários perdidos, despesas médicas, problemas emocionais e danos em geral.

Fonte: Terra, www.terra.com.br