Homem processa médico depois de ele o enquadrar como “sofrendo de comportamento homossexual”

Moore decidiu entrar com ação judicial contra o Dr. Elaine Jones, da Associação Torrance Saúde e do Memorial Rede Médicos Torrance, em Los Angeles.

Matthew Moore, de 46 anos, ficou horrorizado quando descobriu que foi registrado como “sofrendo de comportamento homossexual”, depois de procurar ajuda médica. Moore imediatamente tentou entrar em contato para mudar o registro, mas depois de uma campanha de um ano, sem sucesso, decidiu entrar com ação judicial contra o Dr. Elaine Jones, da Associação Torrance Saúde e do Memorial Rede Médicos Torrance, em Los Angeles. Ele agora processa para buscar justiça.


“Foi doloroso. Foi mais uma tentativa por este médico e este grupo de médicos de impor a sua discriminação e ódio contra um paciente gay,” relatou ele.

Moore disse que os médicos também haviam usado o código 302.0 em seus registros, o que qualifica a homossexualidade como “desvio íntimo ou doença mental”.

Matthew Moore foi registrado como “sofrendo de comportamento homossexual” por seu médico, e agora o processa.


A rede de saúde insistiu que a lista foi um erro humano, e que tinha sido expurgada do registro, enquanto a rede de médicos disse que um erro de computador foi a culpa para os registros.

 

No entanto, os promotores não aceitaram a defesa.



 

Moore disse que não deseja que pessoas como ele sejam novamente discriminadas quando forem visitas um médico.

Fonte: Metro