Homem que matou 6 parentes vestia fantasia de Papai Noel

Homem que matou 6 parentes vestia fantasia de Papai Noel

Suspeito se suicidou após atirar contra outros familiares

Um homem vestido de Papai Noel é o suspeito de ter aberto fogo contra seis pessoas de sua família e depois se suicidado, quando todos celebravam o Natal em um apartamento em Grapevine, um subúrbio de Dallas, no estado do Texas (EUA). A polícia acredita que elas tenham sido mortas enquanto abriam presentes de Natal.

Os mortos - quatro mulheres e três homens, com idades entre 15 e 59 anos - foram encontrados no fim da manhã de domingo (25) na sala do apartamento por policiais que atenderam a um chamado de emergência, disseram autoridades.

Duas pistolas foram recolhidas, segundo o sargento Robert Eberling, do departamento de polícia de Grapevine, que descreveu a cena do crime como "repugnante".

"Tudo indica que eles eram membros da mesma família", disse Eberling, acrescentando que alguns eram parentes por casamento.

As autoridades aguardavam os resultados de uma autópsia para divulgar a identidade das pessoas, um motivo provável para os crimes e detalhes sobre o que pode ter acontecido dentro da residência, afirmou Eberling.

"Temos uma ideia bastante clara sobre quem eram essas pessoas, e estamos tentando trabalhar por meio de contatos com outros parentes de modo a poder juntar todas as peças para saber o que aconteceu e por que isso aconteceu", disse ele.

As circunstâncias permanecem obscuras. Não foi encontrado ninguém com vida e nenhum vizinho disse ter ouvido tiros.

A cidade, situada 35 quilômetros a noroeste de Dallas, tem 46 mil habitantes é conhecida por suas salas de degustação de vinho. Grapevine foi recentemente proclamada pelo Senado estadual "a cidade do Natal do Texas", pela grande quantidade de eventos festivos nesta temporada.

Fonte: G1