Homem que perdeu pernas e braço em guerra espera o 1° filho

Andy foi premiado por superar as adversidades da guerra


Homem que perdeu pernas e braço em guerra no Afeganistão espera o primeiro filho

Andy Reid quase morreu ao ser atingido por uma bomba quando servia no Afeganistão. Ele perdeu as pernas e um braço na explosão, em 2009. Nem por isso a vida do britânico de 35 anos parou. O ex-cabo do exército se casou em 2011, e espera o primeiro filho.

- Segurar o meu filho pela primeira vez será algo grandioso. Ficarei muito orgulhoso - revelou Andy.

Segundo o jornal ?The Sun?, na semana passada o britânico decidiu deixar o exército, depois de 14 anos.

- Eu e Claire conversamos muito sobre ter uma família. Existem coisas que eu temo não poder fazer, como trocar uma fralda. Mas há muito mais que podemos dar a uma criança - disse ele.

Claire fez questão de enfatizar que muitas vítimas de explosões perdem a capacidade de ter filhos, e que o casal tem sorte por isso não ter acontecido com Andy.

- Sabemos o quanto somos sortudos - afirmou.

O filho do casal vai se chamar William. Segundo Claire, o menino é saudável. E fez até uma saudação para os pais, na última ultrassonografia.

A gravidez da mulher é mais uma conquista na vida de Andy. Em 2010, ele foi premiado por superar as adversidades da guerra. Na ocasião, prometeu dançar no casamento, usando próteses. E assim fez no ano seguinte.

- Se há uma coisa que me estimula, são os rapazes que nunca voltaram. Me sinto um privilegiado por estar aqui - desabafou.


Homem que perdeu pernas e braço em guerra no Afeganistão espera o primeiro filho

Homem que perdeu pernas e braço em guerra no Afeganistão espera o primeiro filho

Homem que perdeu pernas e braço em guerra no Afeganistão espera o primeiro filho

Fonte: Extra