Homem que possui 70 tumores ganha sobrevida após tratamento inovador

Os médicos e pesquisadores ficaram muito surpresos com os resultados.


Homem que possui 70 tumores ganha sobrevida após tratamento inovador

Há apenas duas semanas, o inglês Ian Brook estava sem esperanças. Ele sofre de um câncer raro que acabou espalhando-se pelo seu corpo, somando aproximadamente 70 tumores. Após submeter-se - sem sucesso - a vários tratamentos, Brook inscreveu-se como voluntário no Centro de Pesquisa de Câncer de Manchester, na Inglaterra. O centro estava aplicando um inovador tratamento para tratar a doença que Brook sofre: o Linfoma de Hodgkin - que se origina nos gânglios do sistema linfático e prejudica o sistema de defesa do organismo.

Era uma das poucas alternativas que restava a Brook. Ele tinha 33 anos quando foi diagnosticado com a doença e rapidamente começou o primeiro tratamento. Mas em 2008, o câncer retornou. Ele se submeteu a um transplante de células "estaminais", mas o câncer voltou de novo e espalhou-se pelo corpo.

Neste mês, Brook entrou como voluntário no centro pesquisa de Manchester e tornou-se o primeiro homem da Europa a utilizar o medicamento desenvolvido lá para tratar esse tipo de câncer. A aposta mostrou-se válida. Os médicos e pesquisadores ficaram muito surpresos com os resultados. O seu câncer está em completa remissão - todos os tumores estão regredindo. "Ian recebeu uma nova droga que ataca diretamente as células cancerígenas onde quer que elas estejam no corpo. Contra todos os indicativos, o câncer dele está regredindo completamente", afirma comunicado do Manchester Cancer Research Centre.

Segundo o jornal Manchester Evening News, a droga, chamada de Brentuximab Vedotin, já está disponível para pacientes que sofrem da mesma doença rara. ?Eu não sei como estaria vivendo hoje sem esse medicamento?, afirmou Ian ao jornal. Ele agora já pode fazer planos. Inicialmente, Ian pretende comemorar os 10 anos de casamento e espera retornar ao emprego ? na área de manutenção de motores elétricos.

Fonte: epocanegócios