Britânico retira tumor do tamanho de bola de golfe do seu cérebro

Britânico retira tumor do tamanho de bola de golfe do seu cérebro

Wheatley passou por uma cirurgia de emergência e hoje se considera uma pessoa de sorte.

Graças ao comentário de um estranho, o britânico Richard Wheatley descobriu que sua voz rouca e a dificuldade para engolir saliva eram alguns sintomas causados por um tumor no cérebro. Há seis anos, ele ouviu de um estranho que sua voz estava mudando conforme falava, o que o levou ao médico para confirmar o diagnóstico: um tumor do tamanho de uma bola de golfe que, se não fosse descoberto a tempo, poderia ter tirado sua vida.

Segundo o jornal britânico Daily Mail, Wheatley passou por uma cirurgia de emergência e hoje, mesmo ainda enfrentando problemas com a voz, se considera uma pessoa de sorte por estar vivo. "Ainda estou me recuperando e tenho problemas se falo por muito tempo, mas se considerar que alternativa eu teria, sou muito sortudo", afirmou.

"Achei que minha voz tinha mudado, mas minha família não percebeu nada. Eu culpava o ar condicionado do escritório", relatou Wheatley. De acordo com os exames, o tumor estava pressionando os nervos do cérebro do britânico, afetando sua voz, equilíbrio e a habilidade de engolir. Após a cirurgia de nove horas, ele sofreu danos nos nervos - tem a voz ainda rouca e dificuldade em se equilibrar. "Ainda posso dirigir, sair de férias e viver uma vida normal", comentou. "Estou determinado a aproveitar ao máximo essa minha segunda chance", concluiu.

Fonte: Terra