Homens castrados vivem mais, aponta estudo sul-coreano

Os 81 eunucos estudados eram submetidos voluntariamente à castração para terem acesso a palácio.

Os hormônios sexuais masculinos podem justificar o fato dos homens viverem menos do que as mulheres, aponta um estudo publicado nesta segunda-feira na revista Current Biology, o qual afirma que os eunucos da corte imperial coreana viviam muito mais que seus congêneres.

Os cientistas coreanos Kyung-Jin Min e Cheol-Koo Lee chegaram a esta conclusão após analisarem os arquivos genealógicos da corte imperial da dinastia Chosun (1392-1910) e comprovar que os eunucos viviam entre 14 e 19 anos a mais do que os homens que não haviam sido castrados.

"O descobrimento apresenta uma importante pista para entendermos essa diferença na expectativa de vida de uma mulher e de um homem", afirmou o biólogo Kyung, da Universidade de Inha, um dos autores do estudo.

Os 81 eunucos estudados eram submetidos voluntariamente à castração para terem acesso ao palácio, onde eles possuíam permissão para formar uma família com meninos castrados e meninas.

Além dos eunucos viverem entre 14 e 19 anos a mais que os demais homens, três deles (entre os estudados) chegaram a superar os 100 anos e, por isso, que a incidência de centenários entre os eunucos coreanos era 130 vezes maior do que a média atual nos países desenvolvidos, ressaltou Cheol, da Universidade de Coreia.

Segundo este professor, este fato não pode ser justificado simplesmente pela qualidade de vida que os mesmos levavam no palácio, já que a maioria dos eunucos passava tanto tempo fora como dentro desse recinto.

De fato, os reis e rapazes da família real tinham vidas mais curtas e, normalmente, não passavam dos quarenta anos, segundo o estudo, que recomenda que os homens precisam se afastar do estresse e aprender mais com as mulheres para serem saudáveis e viverem mais.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), as mulheres atualmente vivem de seis a oito anos a mais que os homens nos países industrializados.

Fonte: Terra