Homens podem 'virar gays'se cozinhar e cuidar de filhos, diz igreja

Apôs muitas críticas, igreja apagou mensagem e pediu desculpas

Homens que cozinham podem 'virar gays', diz igreja
Homens que cozinham podem 'virar gays', diz igreja

Uma postagem feita no Facebook por uma igrejaevangélica chilena causou  grande polêmica.  Na publicação a igreja dizia que homens que fazem "tarefas de mulher", como cozinhar ou cuidar dos filhos, "correm graves risco de adoecer com homossexualidade".

Após várias críticas, a mensagem foi apagado e em seu lugar foi publicado um pedido de desculpas. Mas, para a Igreja Evangélica Pentecostal do Renascimento, a homossexualidade é uma doença, e contagiosa.

De acordo com o "Jornal Hoy", a igreja chegou a usar o termo “doença” para dizer que os homens podem se tornar gays se tiverem o hábito de realizar “tarefas de mulher”. 

“A homossexualidade é uma doença que os homens podem contrair se realizarem práticas que antes eram consideradas responsabilidade exclusiva das mulheres”, dizia o texto.

Mas não parou por aí, a congregação continuou: “Um varão que cozinha, cuida dos filhos ou realizar qualquer outra tarefa própria da mulher corre graves riscos de adoecer com homossexualidade”.

A igreja alegou que “as atividades próprias da mulher podem adoecer os homens até convertê-los em gays”.


Fonte: Msn