Hong Kong abate 20 mil frangos para evitar propagação de gripe aviária;foto

Equipes sanitárias iniciaram nesta terça o abatimento das aves, mortas por sufocamento causado por gás carbônico

O governo de Hang Kong irá abater 20 mil frangos e depois separar as aves locais daquelas importadas do território continental chinês para evitar a propagação do vírus da gripe aviária H7N9 entre os animais, de acordo com o Ministério da Saúde, segundo informações do jornal South China Morning Post.


Hong Kong abate 20 mil frangos para evitar propaga鈬o de gripe avi疵ia

A medida de separar as aves acontece depois da decisão de abater nesta terça-feira 20 mil frangos no mercado atacadista Cheung Sha Wan, após a descoberta do vírus em uma ave importada da porção continental da China.

Como são misturados no mercado, os frangos a serem abatidos são tanto aqueles criados na ilha e também os importados. O ministro da Saúde e Alimentos, Ko Wing-man, disse que o governo deverá construir novas instalações para os dois grupos de aves. A falta de terrenos para abrigar esses edifícios, no entanto, é um obstáculo considerável.

Equipes sanitárias iniciaram nesta terça o abatimento das aves, mortas por sufocamento causado por gás carbônico. Os agentes de saúde utilizaram roupas de proteção e máscaras para abater os frangos, que eram então separados em grandes sacos pretos para descarte.

O abate dos 20 mil animais deve durar cerca de 12 horas. O mercado ficará fechado por três semanas, e não fornecerá frangos vivos durante todo o período. O governo de Hong Kong ainda tenta rastrear a origem do vírus entre as aves.

Fonte: Terra