Chávez dá casa a seguidora de número 3 milhões no Twitter

Chávez dá casa a seguidora de número 3 milhões no Twitter

Venezuelano se tornou um dos políticos mais populares na rede social

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, deu uma casa de presente à sua seguidora de número 3 milhões no Twitter, fato que o tornou um dos políticos de maior popularidade na rede social.

"Epa, minha querida Natalia! Você se tornou na seguidora de número 3 milhões de ChávezCandanga! Obrigado e parabéns!", escreveu o presidente na sua conta @chávezcandanga na última segunda-feira (28) à seguidora @nataliaval7.

Natalia Valdivieso, uma jovem da Ilha Margarita, recebeu a casa na quinta (31) em Nova Esparta em cerimônia com o ex-ministro da Defesa Carlos Mata Figueroa, que é candidato a governador no estado pelo PSUV, partido de Chávez.

"Aqui estamos visitando Natalia Valdivieso, a seguidora de @chavezcandanga número 3 milhões. Ela nasceu com problemas de locomoção e aos 7 anos, graças a um apoio do presidente Chávez, pode superar este problema de saúde. Hoje, graças ao governo bolivariano, terá sua casa digna em Colinas de Dátil, município de Diaz, demonstrando o amor de Chávez por seu povo", disse o candidato, segundo o diário governista "Correo del Orinoco".

"Estou feliz por ser a seguidora de número 3 milhões, também pela visita de Carlos Mata Figueroa e muito agradecida ao presidente Hugo Chávez Frías por tantas coisas que me deu", disse a jovem, segundo o diário venezuelano.

3 milhões de seguidores

Chávez, que tem limitado sua agenda devido ao tratamento contra um câncer, comemorou ter alcançado os 3 milhões de seguidores no Twitter, onde faz seus anúncios, celebra conquistas e informa sobre seu estado de saúde.

"Aos 3 milhões de Candangueros e Candangueras, segue meu agradecimento especial! E seguimos travando, também por aqui, a batalha das ideias!", publicou na segunda-feira o presidente em sua conta.

O ministro de Comunicação da Venezuela, Andrés Izarra, afirmou a estatal "VTV" que Chávez "é o presidente latino-americano mais seguido" no Twitter. Segundo Izarra, o presidente venezuelano só fica atrás do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

Após pouco mais de dois anos na ativa, a conta @chavezcandanga publicou 1.612 mensagens, incluindo informações sobre o estado de saúde de Chávez. A página do presidente no Twitter também passou a ter mais seguidores após sua primeira cirurgia contra o câncer, realizada em junho de 2011.

No final de fevereiro deste ano, o líder informou ao país sobre uma nova intervenção cirúrgica para extrair um novo tumor cancerígeno, da qual ainda se recupera.

O câncer obrigou o presidente a diminuir seu ritmo de trabalho e reduzi seus frequentes e prolongados discursos televisivos, algo que contrasta radicalmente com as mensagens de 140 caracteres da rede social.

"Já no avião! Todos muito contentes, pois vamos rumo a nossa amada Venezuela! Saudações levo de Fidel e de Raúl! E de toda Cuba! Viva Venezuela!", afirmava Chávez em uma mensagem publicada antes de Cuba em direção à Venezuela.

Chávez abriu sua conta em abril de 2010 para "contra-atacar" a seus rivais na Internet, embora tenha usado a plataforma para compartilhar impressões, fazer anúncios de aprovação de recursos, nomear e destituir ministros, parabenizar colegas e se comunicar com o povo venezuelano.

Para celebrar a marca dos 3 milhões de seguidores, o presidente lançou a hachtag #HOJE3O7DEZ com intenção de promover os 10 milhões de votos que o chavismo espera conseguir no próximo pleito presidencial, marcado para o dia 7 de outubro.

"Venezuela é o país que mais utiliza Twitter em todo América Latina (...) Chávez abraçou esta tecnologia e se lançou nas redes sociais. Pouco mais de dois anos depois, ele observa que revolucionou a rede social, já que hoje celebra 3 milhões de seguidores", assegurou o ministro de Comunicação da Venezuela.

"Chávez abraça todas as plataformas capazes de ajudar na comunicação com seu povo", declarou Izarra, que lembrou que o presidente se serviu da rádio e da televisão para apresentar seu programa "Alô Presidente", que acaba de completar 13 anos.

Fonte: G1