Idosa de 95 anos levanta do caixão seis dias depois de "morrer" e acaba dando um susto

Idosa de 95 anos levanta do caixão seis dias depois de "morrer" e acaba dando um susto

Ela estava em casa, onde mora sozinha, quando sofreu uma pancada na cabeça e ficou desacordada.

A frase que ficou imensamente popular nos filmes do Romero pontuavam um possível motivo para a chegada dos mortos-vivos. Certamente esta não foi a causa da ?ressurreição? da senhora Xiufeng, uma chinesa de 95 anos de idade.

Ela estava em casa, onde mora sozinha, quando sofreu uma pancada na cabeça e ficou desacordada. O vizinho, sr. Qingwang, foi levar seu café-da-manhã e a encontrou sem movimentos. Tentou acordá-la, sentir alguma pulsação ou respiração, mas não encontrou resposta. A única coisa indicando que ela estava viva era a temperatura do corpo, que não caiu.

Como a maior parte dos sintomas apontavam para a morte da senhora, o vizinho resolveu que ela havia partido desta para uma melhor. Com a ajuda de seu filho, o senhor Qingwang colocou o corpo dela em um caixão e deu início aos trabalhos funerários.

Segundo a tradição chinesa o caixão do falecido deve ficar em casa até que parentes venham prestar suas homenagens, por isso ele não fechou a tampa até o dia do enterro. Um dia antes da cerimônia, o senhor Qingwang chega na casa e encontra o caixão vazio. Transtornado ele e outras pessoas começam a procurar pelo corpo até encontrar dona Xiufeng na cozinha preparando uma refeição (espero que não tenham sido miolos).

Segundo o hospital local ela sofreu uma morte artificial, onde a pessoa praticamente não respira, mas o corpo continua quente. A senhora Xiufeng foi muito feliz em ter levantado um dia antes do enterro, mas o problema é que segundo a tradição chinesa os pertences da pessoa devem ser queimados após a morte, então ela agora não tem mais nada.

Fonte: Oddity Central