Ilegal em Dominica, casal gay é preso por fazer sexo em cruzeiro

Sexo entre homens é considerado ilegal em Dominica, uma pequena nação insular com pouco mais de 70 mil habitantes.

Dois homens californianos, ambos com pouco mais de 40 anos, foram presos por exposição indecente após serem pegos na quarta-feira (21) fazendo sexo em um navio de cruzeiro nas águas do Caribe. Eles devem ir à corte ainda nesta quinta-feira (22) na ilha de Dominica.


Ilegal em Dominica, casal gay é preso por fazer sexo em cruzeiro

Sexo entre homens é considerado ilegal em Dominica, uma pequena nação insular com pouco mais de 70 mil habitantes.

Avistados em meio ao ato sexual no navio por uma pessoa que estava no porto da ilha, John Robert Hart e Dennis Jay Mayer foram inicialmente acusados de sodomia. As autoridades disseram, no entanto, que esse tipo de acusação leva muito tempo para ser julgado, então o caso foi registrado apenas como exposição indecente.

Se condenado por exposição indecente, o casal pode ter que pagar uma multa de US$ 370 cada e enfrentar até 6 meses de prisão.

O cruzeiro, com cerca de 2 mil passageiros, foi organizado por uma empresa especializada em viagens para homossexuais. O presidente da Atlantis Events, Rich Campbell, afirmou que a empresa já organizou diversas viagens para Dominica e que "retornará alegremente".

"Muitos países que homens gays visitam ou onde vivem possuem leis antiquadas. Isso não nos causa preocupação ao planejar uma visita", diz Campbell. Ele acredita que o casal preso deve ser liberado ainda nesta quinta-feira, já que a acusação não é grave.

Fonte: G1