Incêndio em templo mata mais de 100 pessoas na Índia

Fogos de artifício causaram incêndio e explosão em prédio

Dezenas de pessoas morreram neste domingo (10) em um incêndio em um templo em Puttingal, no estado de Kerala, no sul da Índia, devido a uma explosão de material pirotécnico, informam as agências internacionais de notícias. Famílias estavam reunidas para celebrar o Ano Novo hindu.

O número de mortos ainda é incerto, mas as agências estimam que o incêndio e a explosão mataram mais de 100 pessoas. Anteriormente, o número de 84 mortos foi informado pelo diretor-geral de polícia de Kerala, Senkumar, ao jornal “The Indian Express”. Cerca de 350 pessoas ficaram feridas, segundo dados do Ministério do Interior.

O primeiro-ministro da Índia, Narenda Modi, ordenou esvaziar o local com a ajuda de helicópteros. Modi pediu ao chefe do governo de Kerala, Oommen Chandy, "a transferência imediata via helicóptero" dos feridos em estado crítico.

O dirigente indiano expressou condolências às famílias dos mortos. "Arrasador e estremecedor", disse ele ao avaliar a situação. A Força Aérea da Índia enviou quatro helicópteros Me-17 e ALH a partir do estado vizinho de Tamil Nadu.

O incêndio é o pior nos últimos dez anos na Índia, após o que deixou 91 mortos em uma escola de Tamil Nadu em 2004, a maioria crianças.

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do G1