Indiana de 11 anos tem 70% do corpo queimado e morre após estupro; veja

Menina chegou a ser levada ao hospital, mas morreu quatro dias depois do ataque

Uma indiana de apenas 11 anos teve 70% do corpo queimado após resistir a uma tentativa de estupro na última quarta-feira (31). A menina foi levada ao hospital com ferimentos graves e morreu quatro dias depois, no último domingo (5).


Indiana de 11 anos tem 70% do corpo queimado e morre após resistir a estupro

?Dois homens tentaram molestar e estuprar minha filha, mas quando ela os reconheceu e disse que correria para casa para nos avisar do que havia acontecido, eles derramaram querosene no seu corpo e atearam fogo?, disse o pai da menina ao jornal The Times of India.

? Alguns dias atrás minha mulher discutiu com um homem chamado Kundan. Ele disse a ela que teria sua vingança. O que aconteceu foi consequência daquilo.

O diretor do Hospital SSKM, T.K. Ghosh, disse que ?a criança deu entrada [no hospital] com queimaduras graves?.

? Na manhã de domingo a menina sucumbiu aos ferimentos.

Segundo a polícia, o irmão e um amigo de Kundan Mullick, o suspeito que ainda está sendo procurado, foram detidos para interrogatório. O outro suspeito seria um estudante reconhecido por um vizinho que encontrou a menina após o crime.

Fonte: r7