Indiano se ajoelha em frente a elefante para orar e acaba morto

O incidente aconteceu no templo Sri Mahalingaswamy, na cidade de Thiruvidaimaruthur.

A visita de um professor indiano a um templo terminou em tragédia. Sekarv Aadil, de 55 anos, se ajoelhou para rezar diante de um elefante, animal considerado sagrado no país asiático. Só que, de acordo com o site ?Croatian Times?, o paquiderme se lançou sobre Sekarv com as duas patas, lançando a cabeça do homem contra a parede, num ataque que levou o adorador à morte.


Indiano se ajoelha em frente a elefante para orar e acaba morto pelo animal

O incidente aconteceu no templo Sri Mahalingaswamy, na cidade de Thiruvidaimaruthur. O professor havia acabado de chegar ao local quando viu um dos monges conduzindo o elefante às suas dependências. Ele decidiu, então, ficar de imediato em posição de oração.

- Ele caiu na frente do elefante para adorá-lo, mas o animal pareceu não gostar e o agarrou com a tromba. Ele bateu no homem e em seguida o esmagou contra a parede. O elefante só pareceu perder o interesse quando o senhor parou de se debater - descreveu uma testemunha à imprensa local.

Sekarv, que deixou esposa e duas filhas, ainda foi levado a um hospital, mas foi declarado morto na chegada. Os funcionários do templo contaram que o elefante, chamado Gothi, costuma ser dócil. O animal, contudo, teria tido uma experiência ruim com um adorador embriagado, o que fez com que ele passasse a desconfiar de movimentos mais bruscos.

Fonte: Extra