"Indignados" de Londres ocupam prédio abandonado do banco UBS

Esta é a primeira ocupação de um prédio por parte dos

O grupo anticapitalista que acampa diante da catedral de São Paulo, em Londres, ocupou nesta sexta-feira (18) um prédio abandonado e de propriedade do banco suíço UBS na capital britânica.

O "Occupy LSX" (Ocupem a Bolsa de Londres) assinalou, em um comunicado publicado em seu site, que vários de seus membros ocuparam durante a madrugada o prédio de escritório situado no bairro de Hackney (leste), e classificou a ação de "reposse pública".

O grupo anunciou a intenção de instalar no local um novo "banco de ideias", que abrirá suas portas no sábado, e oferecer oficinas e espaços de reunião para creches, centros comunitários, grupos juvenis e outras organizações vítimas do severo plano de ajuste governamental.

Esta é a primeira ocupação de um prédio por parte dos "indignados", que instalou um polêmico acampamento diante da catedral londrina, no coração do distrito financeiro, e outro menos importante na praça Finsbury, mais ao norte, para protestar contra a crise e o capitalismo.



Um porta-voz do banco ocupado limitou-se a dizer que a entidade estava a par da situação e que iria tomar medidas apropriadas.

A polícia, por sua vez, indicou que vários de seus agentes, alertados por uma ligação, foram ao local, mas não constatou nenhum delito. "Estamos acompanhando a situação", afirmou.

A lei britânica ampara de certa maneira as ocupações ilegais de edifícios desocupados desde que os invasores não entrem à força no lugar.

Fonte: g1, www.g1.com.br