Internado, Nelson Mandela faz 95 anos e recebe homenagens na África do Sul

Filha de Mandela disse que pai deve voltar para casa "em breve".

O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, ícone da luta pela igualdade racial, completa 95 anos nesta quinta-feira (18), hospitalizado há mais de um mês em Pretória, onde se trata de uma infecção pulmonar.


Internado, Nelson Mandela faz 95 anos e recebe homenagens na África do Sul

Internado, Nelson Mandela faz 95 anos e recebe homenagens na África do Sul

"Madiba continua hospitalizado em Pretória, mas seus médicos confirmaram que sua saúde melhora regularmente", declarou o governo em um comunicado, utilizando o nome do clã de Mandela.

O presidente Jacob Zuma desejou a Mandela um feliz aniversário de 95 anos.

"Estamos orgulhosos de chamar este ídolo internacional de nosso e como sul-africanos desejamos uma boa saúde a ele", disse o presidente em um comunicado. "Agradecemos ao nosso povo por seu apoio a Madiba durante sua hospitalização com eterno amor e misericórdia", acrescentou.

Zindzi Mandela, filha do herói da luta anti-apartheid, disse que seu pai está ganhando força para ir para casa "em breve".

Mandela está internado em um hospital em Pretória, na África do Sul, desde o dia 8 de junho por causa de uma infecção pulmonar.

Obama

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e a mulher, Michelle, parabenizaram Mandela pelo seu 95º aniversário e pediram "às pessoas de todas as partes" que honrem o líder em seu Dia Internacional, celebrado nesta quinta, utilizando seu legado como inspiração, segundo a agência EFE.

Obama

"Em nome de nossa família e do povo dos Estados Unidos, Michelle e eu estendemos nossos melhores desejos e orações a Nelson Mandela pela ocasião de seu aniversário número 95, assim como a (sua esposa) Graça Machel, a família Mandela, o governo e as pessoas da África do Sul, por ocasião do quinto Dia Internacional Nelson Mandela", afirmou Obama em comunicado.

O líder confessou que sua família ainda se encontra comovida pela recente visita que realizou à cela onde Mandela esteve preso na Ilha de Robben e ressaltou que o ex-presidente sul-africano "sempre será exemplo de fortaleza e inspiração por seu valor moral, bondade e humildade".

"Neste Dia Internacional de Nelson Mandela, as pessoas de todas as partes têm oportunidade de homenagear Madiba - como o líder sul-africano é conhecido em seu país - através de atos individuais e coletivos com seus serviços", acrescentou o presidente.

Além disso, Obama pediu que a vida do líder sul-africano e "seu firme compromisso com a igualdade, a reconciliação e a dignidade humana continuem sendo um farol para cada geração futura em sua busca de um mundo mais justo e próspero".

O aniversário do antigo estadista é celebrado desta forma desde que a ONU declarou a data como Dia Internacional de Nelson Mandelaem em 2009. A Fundação Mandela e o governo da África do Sul esperam que esta edição seja a maior de todas, já que coincide com a delicada situação do ex-presidente.

No entanto, as autoridades sul-africanas e a família de Madiba ressaltaram que o Dia Internacional de Mandela deve ser celebrado com entusiasmo, já que Mandela segue com vida, e não com tristeza por causa de sua doença.

Fonte: G1