Irmão de Madonna que vive nas ruas é detido e resiste a prisão

Irmão de Madonna que vive nas ruas é detido e resiste a prisão

O irmão da Madonna continua detido sem direito a fiança.

Anthony Ciccone, de 56 anos, irmão mais velho de Madonna, que vive desde 2010 nas ruas, foi preso no domingo,21, em Michigan, nos Estados Unidos. De acordo com matéria publicada no "Daily Mail", ele se recusou a deixar um banheiro público e na confusão com os policiais, Anthony acabou machucando o rosto. Levado ao hospital Munson Medical Center, o parente da cantora levou nove pontos na testa e seguiu direito para prisão

Na matéria, segundo o boletim da polícia,o momento da prisão o nível de álcool no sangue do Anthony estava cinco vezes acima do limite legal no estado de Michigan. O irmão da Madonna continua detido sem direito a fiança. A assessoria da cantora foi procurada, mas não comentou o caso.

Enquanto Anthony Ciccones vive nas ruas, Madonna recentemente chegou a quantia de US $ 1 bilhão, aproximadamente R$ 2 bilhõesde reais, em patrimônio líquido.Em uma entrevista dada ao mesmo jornal no início do mês de abril, Anthony revelou que ele e a irmã famosa nunca se deram bem: "Ela não se importa se estou vivo ou morto".

Antes de morar nas ruas, Anthony trabalhava na vinícola da família ao lado do pai, madrasta e dois irmãos. Uma funcionária do local e amiga da família diz que eles não lhe "viraram as costas", e sim que seu problema com o álcool ficou insustentável."Ele tinha um trabalho aqui, sempre há algo para fazer. Mas ele costumava ir às adegas, deitava no chão, abria um dos tanques e bebia o vinho. Ele não pode voltar enquanto não se tratar", falou a funcionária, que confirmou que o pai e Madonna pagaram por diversas vezes internações para Anthony em clínicas de reabilitação.

Para sobreviver na cidade que chega a ter temperaturas abaixo de zero, Anthony Ciccone conta com a ajuda de uma igreja local, que fornece abrigo nos dias mais frios e refeições quentes. Além dos problemas com moradia e álcool, Anthony, ficou um mês detido pela polícia por estar intoxicado dentro da igreja e falar palavras obscenas.

Fonte: UOL