Japão lembra terremoto e tsunami que devastaram país há dois anos

Japão lembra terremoto e tsunami que devastaram país há dois anos

Mais de 18,5 mil pessoas morreram na tragédia. Tragédia gerou a pior crise nuclear mundial desde Chernobyl.

O Japão lembra nesta segunda-feira (11), com memoriais e atos oficiais, o segundo ano do terremoto e tsunami que devastaram o país e deixaram mais de 18,5 mil mortos.

No mesmo horário em que aconteceu o terremoto às 14h46 locais (2h46 horário de Brasília), milhões de japoneses fizeram um minuto de silêncio para lembrar às vítimas da tragédia, a pior vivida pelo arquipélago desde a Segunda Guerra Mundial.

Nas três províncias mais devastadas pelo tsunami, Fukushima, Iwate e Miyagi, assim como em Tóquio e outras cidades do país, forma organizados atos comemorativos.

Na capital, o imperador Akihito assistiu a um memorial organizado pelo governo no Teatro Nacional ao lado do primeiro-ministro Shinzo Abe, e de membros do Executivo, além de familiares das vítimas.

O tsunami de 2011 destruiu cerca de 400 mil casas e outros edifícios no litoral nordeste do país, onde cerca de 315 mil pessoas permanecem em residências temporárias dois anos depois, além de ter provocado uma crise nuclear.

Em Fukushima, a crise nuclear - a pior desde Chernobyl em 1986 - fez com que 57 mil tivessem que abandonar suas casas devido à radiação da usina, que afetou gravemente a pecuária, a pesca e a agricultura local.

Fonte: G1