Japonês escondeu corpo da mulher no congelador por 10 anos

asaichi Yamada, 80, confessou ter matado mulher em briga em Kushiro.

Um japonês de 80 anos foi detido pela polícia sob a suspeita de ter estrangulado a esposa e ocultado o corpo em um congelador durante mais de 10 anos.

Masaichi Yamada, que dirige uma empresa de processamento de pescado, foi detido na terça-feira no porto Kushiro, norte do Japão, depois da descoberta do corpo congelado e completamente vestido em uma câmara frigorífica da empresa.

"O suspeito estrangulou a vítima em sua casa com algo parecido com uma corda e abandonou o corpo em um congelador no local de trabalho", afirmou uma fonte da polícia de Hokkaido.

A data exata do crime ainda não foi estabelecida. A polícia informou que a vítima teria 71 anos se ainda estivesse viva.

Yamada confessou que matou a esposa durante uma discussão entre 2002 e 2006. Também disse que transportou o corpo em um carro até o trabalho.

A polícia investigou a fábrica depois que o irmão da vítima afirmou que não tinha notícias sobre ela há vários anos.

Fonte: G1