Jogador foi sequestrado, morto e teve mebros cortados

O atleta, 27 anos, teve seu cadáver desmembrado e dividido em cinco sacos plásticos.

O corpo de Carlos Mercedes Vásquez, jogador do Deportivo Malacateco na primeira divisão da Guatemala, foi encontrado neste domingo na cidade de Malacatán, na fronteira com o México. Vásquez foi sequestrado na sexta-feira e assassinado, informam as agências internacionais.

O atleta, 27 anos, teve seu cadáver desmembrado e dividido em cinco sacos plásticos. Junto ao corpo, encontrado em uma ponte, a mensagem "por meterse con la mujer de otro" ("por se envolver com a mulher dos outros").

Vásquez foi raptado quando saía do hotel onde sua equipe estava concentrada. As autoridades da Guatemala ainda não confirmam detalhes da investigação, mas a descoberta do corpo foi oficializada por Brayan Jiménezez, presidente da Federação Nacional de Futebol da Guatemala. À imprensa do país, Jiménez classificou o caso como "lamentável".

Apesar do crime, a Guatemala não suspendeu a rodada do final de semana, que teve um minuto de silêncio antes de cada jogo. O Malacateco recebeu o Suchitepéquez e venceu por 1 a 0, com gol de Rudy Chacón aos 32min do segundo tempo.

Fonte: Terra, www.terra.com.br