Jornal argelino diz que 15 corpos foram encontrados em campo de gás

Os últimos números oficiais do sequestro, divulgados ontem, informam sobre a morte de 12 reféns e de 18 terroristas.

As forças especiais do exército da Argélia descobriram nas últimas horas os corpos de 15 pessoas, entre reféns e terroristas, no campo de gás da cidade de In Amenas, tomado desde quarta-feira por um grupo armado formado por radicais islâmicos, segundo o jornal local "Ennahar". O jornal diz que os corpos estão carbonizados e foram localizados entre a noite de sexta-feira e a manhã de hoje.

Os últimos números oficiais do sequestro, divulgados ontem, informam sobre a morte de 12 reféns e de 18 terroristas. Além disso, segundo os dados, cerca de 30 reféns de nacionalidades estrangeiras permanecem dentro do complexo. Os terroristas afirmam que ainda têm em seu poder sete reféns de nacionalidade não argelina. Na quinta-feira passada, o exército argelino fez uma operação em uma parte das instalações, que ficam em uma região desértica a 1.600 quilômetros a sudeste de Argel. Na ação, 573 argelinos e cerca de 100 trabalhadores estrangeiros foram resgatados.

Fonte: Efe