Jornalista americano morre em cobertura de conflito na Síria

Jornalista americano morre em cobertura de conflito na Síria

Segundo o jornal americano, não está confirmado como ou onde ele morreu

O jornalista Anthony Shadid morreu nesta quinta-feira (16) aparentemente de um ataque de asma durante uma emissão de relatórios no leste da Síria, de acordo com o jornal The New York Times.

Segundo o jornal americano, não está confirmado como ou onde ele morreu. Tyler Hicks, um fotógrafo que estava com Shadid, foi quem levou seu corpo ao longo da fronteira para a Turquia.

Hicks disse que o colega transportava a medicação para a sua asma e apresentou alguns sintomas na manhã de quinta.

Em 2011, Shadid foi capturado na Líbia por forças pró-Kadhafi enquanto cobria o conflito no país com outros três colegas. O repórter era especialista na convertura dos conflitos do Oriente Médio.

Shadid ganhou dois prêmios Pulitzer, o mais prestigiado do jornalismo americano, por reportagem sobre o Iraque. O jornalista, de 43 anos, trabalhava para o The New York Times, e já passou, entre outros, por The Washington Post e The Boston Globe.

Fonte: G1