Jovem divulga fotos íntimas de namorada e a deixa deprimida

Pai rastreou as mensagens e descobriu que culpado era o namorado

22/09/2011 - 15:05
Ruth Jeffery e o ex-namorado, Shane Webber
Ruth Jeffery e o ex-namorado, Shane Webber
Foto: Caters News

Após descobrir que o homem que se passava por ela na internet era o seu namorado, a britânica Ruth Jeffery, 22, afirmou em entrevista ao jornal britânico "The Sun" que "não tinha ideia de que estava apaixonada pelo diabo".

Ruth contou detalhes de como entrou em depressão após seu ex-namorado, Shane Webber, também de 22 anos, ter se passado por ela na internet e enviado fotos dela nua para os amigos e familiares dela. Webber também enviou imagens de Jeffery nua para sites adultos.

"Comecei a receber mensagens amigáveis de pessoas que eu conhecia", afirma a jovem. "Mas depois, estas mensagens começaram a ficar mais rudes, com estas pessoas querendo me encontrar para fazer sexo". Ela contou para Shane, que tranquilamente disse que com o tempo as mensagens iriam parar.

Ruth explica que em vez das mensagens pararem, desconhecidos começaram a enviar vídeos e fotos deles fazendo sexo. "Ficou claro que era alguém que se passava por mim e que estava enviando fotos em que eu aparecia nua para sites adultos. Recebi uma grande quantidade de e-mails e seu conteúdo era nojento". A jovem afirma que cerca de 50 fotos dela foram parar nos sites e que teve que se livrar de um homem que bateu em sua casa.

Ela confirma que quando namorava Webber, ela permitiu que ele tirasse fotos íntimas dela, mas começou a se sentir incomodada quando aparecia para fotografá-la no banho. "Quando as fotos apareceram na internet, ele negou que sabia de algo, dizendo que as imagens deviam ter sido roubadas por algum amigo. Ele jurou que não tinha feito nada".

"Todo este tempo ele mentiu que me amava e me levou ao inferno", disse Ruth ao "The Sun".

Mas foi quando Webber mandou duas fotos íntimas para toda a lista de contatos da jovem que o pai dela, Gordon Jeffrey, desconfiou. Segundo ele, as informações contidas no e-mail só poderiam ser conhecidas por Webber. "Contatei um servidor norte-americano e consegui descobrir que os e-mails partiram de uma empresa registrada no nome de Shane Webber", disse Jeffrey. "Nesse ponto, minha filha já estava fazendo tratamento com anti-depressivos e chegou a dizer que cometeria suicídio".

Ruth, que estuda Ciências da Computação, afirmou ao "The Sun" que está recuperando sua confiança, mas que ainda tem problemas emocionais. "Eu amava um homem que se comportava como o diabo. Ele me acordava cedo para avisar que uma nova foto minha nua tinha aparecido na internet".

Webber está sendo julgado e receberá sua sentença em outubro. "Eu o odeio e quero que ele seja punido pelo que fez. Ele se dedicou horas e horas para estragar minha vida".

FONTE: G1

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ver mais+

DEIXE SEU COMENTÁRIO

voltar para o topo