Fotógrafa é indenizada por imagem em vídeo pornô

Lara Jade Coton, 21 anos, teve uma foto sua aos 14 anos postada na internet na capa de um vídeo

Uma fotógrafa britânica de 21 anos ganhou na Justiça americana uma indenização de US$ 130 mil (cerca de R$ 209 mil) pelo uso indevido de uma foto sua aos 14 anos na capa de um vídeo pornô.

Lara Jade Coton entrou com um processo contra a produtora americana TVX Films ao descobrir que uma foto sua postada na internet havia sido estampada na capa do vídeo Body Magic.

A fotógrafa disse ter ficado "chocada e enojada" com o uso, sem autorização, de seu auto-retrato com um vestido e uma cartola pretos para promover o vídeo.



A foto também foi reproduzida em vários sites pornográficos. Ela só descobriu o uso da imagem ao receber um pedido de autorização de uma pessoa que queria usar a foto em seu blog pessoal.

Vendas fracas

Lara Jade Coton disse ter ficado chocada com uso indevido da foto. "Você não espera que sua imagem postada em um site seja tomada para algo como isso. Fiquei chocada e enojada, porque eu tinha só 14 anos quando a foto foi tirada", afirmou ela à BBC.

"Minha família ficou indignada. Eu fiquei assustada, principalmente sobre qual a reação que as pessoas teriam", explicou.

Ela disse ter entrado em contato com TVX Films para reclamar sobre o uso da foto, mas que recebeu uma resposta da produtora dizendo que a imagem era responsável pelas vendas fracas do vídeo.

"Eu fiquei muito brava. A reação deles foi chocante", afirmou. O juiz responsável pelo caso, de um tribunal de Tampa, na Flórida, afirmou que as ações da companhia foram "moralmente erradas" e que o uso da imagem de Coton implicava equivocadamente que ela trabalharia na indústria pornográfica.

Fonte: Terra, www.terra.com.br