Jovem de 22 anos morre após ter silicone injetado no pênis

Jovem de 22 anos morre após ter silicone injetado no pênis

Kasia, de 34 anos, foi detida e acusada de homicídio e prática ilegal da medicina.

A Promotoria do condado de Essex em Nova Jersey informou nesta sexta-feira da detenção de Kasia N. Rivera, moradora da cidade de East Orange, acusada de causar a morte de um jovem em quem supostamente injetou silicone no pênis.

Rivera foi acusada de homicídio, após a morte de Justin Street, de 22 anos, que faleceu um dia depois que lhe foi injetado o silicone, que segundo a autópsia lhe causou uma embolia.

De acordo com a Promotoria, no dia 5 de maio Justin foi à casa da agora acusada, onde esta lhe injetou a substância.

O órgão também informou que Kasia, de 34 anos, foi detida e acusada de homicídio e prática ilegal da medicina.

Foi estabelecida uma fiança para a mulher no valor de US$ 75 mil, enquanto o caso continua sob investigação.

Fonte: Folha