Jovem morre esmagado por crucifixo feito em homenagem ao João Paulo II

Estrutura gigante desabou atingindo italiano de 21 anos.

Um jovem italiano morreu na quarta-feira (23) esmagado por um crucifixo gigante, na cidade de Cevo, região de Brescia, no noroeste da Itália. A estrutura de madeira de mais de 30 metros de altura, com uma imagem de Jesus Cristo na ponta, de 600 kg, presa por cabos de aço, desabou atingindo a vítima. O monumento havia feito para lembrar a visita do Papa João Paulo II à região de Brescia, em 1998, e foi instalada em 2005.


Jovem morre esmagado por crucifixo feito em homenagem a João Paulo II

Marco Gusmini, de 21 anos, participava de uma excursão de religiosos quando a cruz se rompeu repentinamente, e parte dela caiu sobre o grupo. O jovem morreu na hora, segundo a agência France Presse. Outra pessoa ficou ferida e foi levada ao hospital.

A cruz de 30 metros de altura tinha sido feita para celebrar a visita a Brescia do papa João Paulo II.

O prefeito de Cevo, Silvio Citroni, disse que o acidente foi "uma tragédia inexplicável". "Os jovens foram fazer um lanche e quando ouviram os ruídos vindos da cruz fugiram em todas as direções. Infelizmente Marco correu na direção errada", afirmou.

"Este é um lugar de peregrinações e visitas familiares. Nunca imaginamos que algo assim poderia acontecer." Segundo o prefeito, os trabalhos de manutenção foram realizados no crucifixo no verão passado.

O papa polonês será canonizado no domingo junto com João XXIII, nascido em um pequeno povoado da região de Bergamo, a mesma do jovem morto.

Fonte: G1