Jovem russo morre ao praticar "surfe" nos vagões do metrô em Moscou

Prática já fez várias vítimas na capital russa nos últimos anos.

Um jovem de 20 anos foi encontrado morto entre os vagões do metrô de Moscou nesta quinta-feira (11), após, ao que parece, ter praticado o chamado "surfe metroviário", uma busca de sensações fortes que já deixou várias vítimas na capital russa nos últimos anos.

O jovem morreu pelos ferimentos sofridos quando se deslocava entre os vagões, afirmou o Comitê de Investigação russo em um comunicado.

De acordo com os investigadores, a vítima formava parte de um grupo de jovens que buscam sensações fortes subindo nos vagões do metrô ou dos trens.

Em fevereiro de 2011, dois estudantes apareceram mortos no metrô de Moscou depois de se chocarem contra obstáculos em um túnel quando viajavam no teto de um vagão.

Em setembro, o trem de alta velocidade São Petersburgo-Moscou precisou parar em meio ao campo porque três jovens, entre eles uma mulher, viajavam no teto do trem, que circula a 250 km/h.

Na internet russa é possível encontrar diversos vídeos com estas experiências extremas.

Fonte: G1