Jovens roubam joias da mãe e usam dinheiro para ir a bordel

Os garotos viveram várias loucuras, mas tudo acabou com a polícia e muitos puxões de orelha

Dois garotos alemães de 14 anos foram acusados de terem roubado joias de suas mães para pagar por suas entradas em um prostíbulo.


Jovens roubam joias da mãe e usam dinheiro para ir a bordel

As joias roubadas valiam cerca de R$ 8.000 , mas, como venderam as joias para um daqueles caras que usam placas de "compro ouro" penduradas no pescoço, conseguiram apenas R$ 800.

O porta-voz da polícia, Ralf Minet, disse que os garotos viveram a vida louca com a grana que conseguiram.

? Com o dinheiro, eles não apenas compraram comida. Eles também pagaram para entrar em dois bordéis de Karlsruhe [cidade do sudoeste da Alemanha].

Em seu relatório, Minet ? que declarou que os garotos pareciam estar em uma espécie de "delírio hormonal" ? minuciou o interrogatório dos pequenos delinquentes.

? Dava para ver o sorriso de satisfação nos rostos deles durante o interrogatório, mas os sorrisos dos dois pilantrinhas, que não são desconhecidos da polícia, vale dizer, desapareceram rapidinho. Isso aconteceu, especialmente, porque eles vão ter que pagar o prejuízo da transação de seus próprios bolsos.

Trocando em miúdos, não interessa se eles venderam as joias por R$ 8 ou por R$ 80. A grana que eles vão ter que pagar para suas respectivas mamães é aquela que as joias valem: R$ 8.000.

Pelos nossos cálculos, eles vão ficar sem ganhar mesada por, mais ou menos, uns 40 anos.

Fonte: r7