Homem sonha com traição e mata esposa estrangulada

Homem sonha com traição e mata esposa estrangulada

Homem é condenado por matar mulher após sonhar com traição

Um romeno radicado na Grã-Bretanha foi condenado na segunda-feira à prisão perpétua pelo assassinato da mulher após ter um pesadelo no qual ela o traía. Florin Marion Codreanu, de 30 anos, estrangulou a mulher, a britânica Marie, de 27 anos, durante uma discussão logo após acordar na madrugada do dia 17 de janeiro.

Durante a discussão, ela teria sugerido que ele procurasse um psiquiatra para tratar de seus pesadelos recorrentes. Após ver que a mulher havia falecido, Florin teria tentado revivê-la, sem sucesso, antes de chamar uma ambulância. Tensão Segundo relatos dos advogados de defesa ao júri no tribunal da cidade de Stafford (centro da Grã-Bretanha), Codreanu estaria passando por um momento de tensão por temer perder seu emprego como garçom após a empresa na qual trabalhava anunciar planos para cortar metade de sua força de trabalho.

Ao mesmo tempo, ele passou a acreditar que Marie, que havia conseguido no ano anterior um trabalho como professora, teria um caso e estaria pronta para deixá-lo. Os dois haviam se conhecido em 2003, ao trabalharem juntos em um hotel em Harrogate (norte da Inglaterra), e mudaram juntos para a Romênia em 2005, antes de retornarem à Grã-Bretanha e se casarem em 2007. Durante a leitura do veredicto, a juíza Julia Macur classificou o caso como "trágico".

"Não há nada que sugira que vocês não estavam muito felizes na companhia um do outro até aquele fim de semana no qual algo muito desconcertante aconteceu", afirmou, segundo o relato publicado no diário The Daily Mail. "Você ficou cheio de raiva e fúria com os comentários de sua mulher. Ela morreu nos seus braços", afirmou a juíza.

Fonte: Terra