Leões são sacrificados após homem nu invadir jaula de zoológico

Zoológico disse que protocolo de segurança previa sacrifício

Dois leões do zoológico de Santiago, no Chile, foram sacrificados para deter o ataque a um homem que entrou na jaula dos animais.

Foram ativados os protocolos de segurança, que preveem que "quando está em risco a vida de uma pessoa, há que sacrificar a dos animais", disse a diretora do Zoológico Nacional do Chile, Alejandra Montalva.

"O homem forçou sua entrada no recinto dos leões, tirou a roupa e começou a instigar os nossos animais", provocando a ação das autoridades, que tiveram que sacrificar os leões.

Montalva explicou que, nesses casos, os analgésicos são insuficientes para frear o ataque a tempo. O homem de entre 20 e 30 anos foi levado a um centro de saúde com ferimentos graves e em risco de vida, em meio à comoção do público do zoológico, que neste sábado foi intensificado por um feriado local.

"Estamos muito consternados porque os animais do zoológico são parte da nossa família, são leões que estavam conosco há mais de 20 anos", acrescentou Montalva. Os leões sacrificados eram um macho e uma fêmea de origem africana.


Image title

Fonte: Com informações do G1