Locutora de pegadinha real diz não parar de pensar em enfermeira que cometeu suicídio

Locutora de pegadinha real diz não parar de pensar em enfermeira que cometeu suicídio

A locutora se fez passar pela rainha da Inglaterra, Elizabeth II, para obter detalhes sobre a gravidez de Catherine.

Uma das apresentadoras da rádio australiana que fez uma ligação falsa para o hospital no qual estava internada a esposa do príncipe William, Kate, e que terminou com a morte de uma enfermeira disse nesta segunda-feira (10), entre lágrimas, que não para de pensar na falecida.

"Não paro de pensar", disse Mel Greig em uma entrevista a um canal de televisão ao comentar a morte de Jacintha Saldanha, a enfermeira do hospital King Edward VII que passou a ligação da locutora a um colega.

A locutora se fez passar pela rainha da Inglaterra, Elizabeth II, para obter detalhes sobre a gravidez de Catherine, a duquesa de Cambridge, que estava internada no hospital.

Saldanha, de 46 anos e mãe de dois filhos, foi encontrada morta poucos dias depois. A imprensa britânica afirma que ela cometeu suicídio e considera os dois apresentadores australianos responsáveis.

"Espero que estejam bem, realmente espero", afirmou sobre a família da enfermeira.

Greig e seu colega Michael Christian, ambos apresentadores na rádio "2Day FM", ligaram para o hospital e se fizeram passar pela rainha e o príncipe Charles.

Fonte: G1