Mãe que colocou filho no congelador é presa na Espanha

A autópsia da criança e as provas de DNA determinarão as circunstâncias da morte.

A mãe de um bebê que foi encontrado morto no congelador de sua casa foi presa nesta segunda-feira sem fiança por ordem de um tribunal de uma cidade do sul da Espanha, acusada de assassinar seu filho, informaram à Agência Efe fontes judiciais.

A acusada, cuja identidade não foi revelada, foi detida depois que no dia 9 encontraram o cadáver de seu bebê no congelador de sua casa na cidade de Pilas, na província de Sevilha.

O tribunal da cidade vizinha de Sanlúcar la Mayor ordenou a prisão sem fiança para a ré, a quem se a acusa de assassinato com aleivosia.

A mulher admitiu ser a mãe do bebê morto, segundo disse à Efe Jesús María Sánchez, prefeito de Pilas, onde viviam a mulher com seu marido e seus dois outros filhos.

A autópsia da criança e as provas de DNA determinarão as circunstâncias da morte e confirmarão a relação da mulher com o bebê já que, segundo o prefeito, o marido da acusada não sabia que ela estava grávida.

O marido encontrou o cadáver do bebê no congelador enquanto limpava a casa e em seguida chamou seu irmão, bombeiro, que foi para casa acompanhado de outros soldados do corpo de bombeiros.

Eles alertaram a polícia local, cujos agentes foram buscar a mulher em seu local de trabalho e a levaram para casa, relatou o prefeito.

Sánchez afirmou que o marido da mulher está muito abalado pelos fatos assim como os habitantes da cidade e seus dois outros filhos, de 14 e 10 anos, a quem foi oferecido apoio psicológico.

Fonte: Terra