Com apenas 32kg, mãe anoréxica pesa menos que a filha de 7 anos: "me sinto bem"

Com apenas 32kg, mãe anoréxica pesa menos que a filha de 7 anos: "me sinto bem"

Após sofrer de anorexia por metade da sua vida, Rebecca Jones, de 26 anos, pesa hoje 32,3kg - menos que a filha de sete anos, Maisy, que pesa 37,4kg

À primeira vista elas parecem ser irmãs, mas, são, na verdade, mãe e filha. Após sofrer de anorexia por metade da sua vida, a britânica Rebecca Jones, de 26 anos, pesa hoje 32,3kg - menos que a filha de sete anos, Maisy, que pesa 37,4kg e tem 20 centímetros a menos. A notícia sobre o caso foi publicada nesta terça-feira (8) no site do jornal britânico "Daily Mail".

Segundo o periódico, enquanto vive de sopas, torradas e bebidas energéticas, a secretária incentiva a filha a comer chocolates e bolos. "Vestir as mesmas roupas que Maisy me dá uma sensação de orgulho. É errado, mas me faz sentir bem. Eu não acho que eu estou magra - eu sempre me vejo como maior.", disse ao jornal.

Segundo a reportagem, o distúrbio alimentar de Rebecca começou após o divórcio de seus pais, quando ela tinha 11 anos. Aos 13, ela praticamente parou de comer. "Minha mãe pensou que eu tinha perdido as gordurinhas a mais. Eu era mais feliz". Mas em dois anos seu peso caiu para 50,8kg e sua menstruação parou. "Eu estava tão frágil, muitas vezes não conseguia sair da cama", disse ela.

Ela conheceu o pai de Maisy quando tinha 19 anos e estudava na Universidade de Manchester. Ela tinha assumido o fato de que a anorexia a tinha deixado estéril e não tinha ideia que estava grávida até que sentiu um pontapé. Um exame revelou que ela estava com 26 semanas de gravidez.

De acordo com a reportagem, médicos pediram a ela para comer frango e tomar pílulas de vitaminas para ajudar o bebê, mas seu estômago não estava acostumado a eles. "Meu namorado tentou me fazer comer, mas meu estômago estava tão acostumado a pequenas quantidades, que a alimentação adequada me deixava enjoada."

Apesar de sobreviver com uma dieta de pão e beterraba, a filha nasceu saudável. Mas Rebecca não produziu leite para amamentar.

Após se separar do pai de Maisy, Rebecca passou a ter uma dieta praticamente líquida, que diminuiu seu peso para baixo de 31kg. Hoje ela conseguiu ganhar um pouco de peso, mas está com níveis perigosamente baixos de potássio - uma condição que provoca fraqueza muscular extrema. Ela agora tem seus níveis de potássio e frequência cardíaca monitorados regularmente.



Fonte: Daily Mail