Mãe de acusados de atentado de Boston estava em lista de terroristas

Tamerlan, acusado de ser coautor dos ataques, também estava na lista.

A russa Zubeidat Tsarnaeva, mãe dos acusados do atentado na maratona de Boston (EUA), também teve o nome incluído em um banco de dados americano sobre terroristas 18 meses antes das explosões que deixaram três mortos e dezenas de feridos em Boston.

Dois funcionários do governo americano disseram à "Associated Press" que as agências de inteligência dos EUA acrescentaram o nome de Zubeidat em uma base de dados sobre terrorismo.

Tamerlan

Na quarta-feira foi divulgado que o nome de Tamerlan Tsarnaev, acusado de ser coautor dos ataques, estava na lista.

As autoridades americanas afirmaram que a CIA (agência de inteligência do país) fez o pedido para adicionar o nome do Tamerlan depois que o governo russo entrou em contato com a agência, mostrando preocupação de que ele havia se tornado um seguidor islamismo radical.

Cerca de seis meses antes, o FBI tinha investigado separadamente Tamerlan Tsarnaev, também a pedido da Rússia, mas o FBI não encontrou vínculos dele com o terrorismo, disseram autoridades.

A revelação de que Tamerlan tinha sido incluído em um banco de dados sobre terroristas gerou críticas ao governo Obama. Congressistas da oposição têm questionado se o governo investigou adequadamente as informações passadas pela Rússia de que Tamerlan representava uma ameaça à segurança do país.

Tamerlan e seu irmão mais novo, Dzhokhar, de 19, foram acusados pelo atentado em Boston, no dia 15 de abril.

Fonte: G1