Mãe de autista se emociona ao ver filho falar pela 1ª vez

A primeira palavra de Charlie Fletcher, hoje com 3 anos, foi "pizza". Até então ele nunca havia falado

Charlie Fletcher, um menino autista de 3 anos, emocionou Beth Fletcher, ao chamá-la pela primeira vez de mãe. O garoto britânico, que desenvolveu a doença 18 meses depois de nascer, nunca havia falado, segundo o Daily Mail.

?A primeira palavra que ele disse foi pizza. Nós estávamos no carro e foi um tremendo choque. Eu esperava que ele dissesse "mamãe", mas qualquer palavra que ele falasse seria especial?, conta a mãe.

A conquista é reflexo de um intenso programa de treinamento da qual a mãe participou e aprendeu a lidar com o filho autista.

A mãe notou que o filho mudou após 18 meses de vida. Ele parou de falar e de atingir suas metas, passou a evitar contato visual e começou a correr na ponta dos pés. ?A princípio pensamos que ele pudesse apenas estar se desenvolvendo mais lentamente, mas eu sabia, dentro de mim, que havia alguma coisa errada?, lembra a mãe.

Quando Beth percebeu que levaria muito tempo para que o filho tivesse tratamento médico ? o menino teria de esperar nove meses para se consultar com um pediatra ? ela resolveu fazer algo para ajudar Charlie. Foi então que Beth decidiu ir para Sheffield, em Massachusetts, EUA, para participar de um curso formatado para ajudar crianças autistas a levar uma vida normal.


M綟 de autista se emociona ao ver filho falar pela 1ェ vez

Segundo Beth, o curso a ensinou como se comportar em relação ao filho: ?Hoje, nós imitamos o que ele faz e nos certificamos de que estamos mantendo contato visual; quando ele fez alguma coisa direito, nós o recompensamos".

Agora a família, do condado de Derbyshire, Inglaterra, prepara a mudança para os Estados Unidos, onde espera proporcionar o melhor tratamento a Charlie.

Fonte: Terra