Mãe é condenada por enviar fotos nuas para colega do próprio filho

Mãe é condenada por enviar fotos nuas para colega do próprio filho

A corte em Houston entendeu que Darling apresenta problemas mentais e decidiu que bani-la da internet seria mais correto do que mandá-la para a cadeia

Lori Darling, 38, foi declarada culpada de tentar seduzir um colega de classe de seu filho, de apenas 16 anos, praticando o sexting, ato de enviar mensagens ou fotos sexualmente explícitas. Ela foi condenada a cinco anos de liberdade vigiada e proibida de usar a internet. Além disso, ela não pode ter contato com crianças que não seus próprios filhos e só pode enviar mensagens de texto para membros de sua família.

As investigações revelaram que Darling era "companheira de caminhada" da mãe do adolescente e o conheceu enquanto voluntariava na escola do filho em Katy, Texas. Os dois trocaram mensagens no Facebook antes que ela enviasse as fotos que foram descobertas pelos pais do jovem. Darling foi presa duas semanas depois.

A corte em Houston entendeu que Darling apresenta problemas mentais e decidiu que bani-la da internet seria mais correto do que mandá-la para a cadeia. Ainda assim, caso contrarie as condições da Justiça, a mulher poderá ser condenada a até 10 anos de prisão.

Michael Nassif, o advogado de Darling, leu citações dela durante o julgamento. "Boas pessoas tomam decisões ruins". disse. "Eu estou assumindo minha decisão ruim na frente de vocês. Cada ação tem sua consequência e eu estou assumindo minha responsabilidade por elas."

Fonte: techtudo.com.br