Maior cobra do mundo tem morte misteriosa e caso é investigado

O caso está sendo investigado.

Uma píton reticulada de 8 metros de comprimento, capturada na semana passada na Malásia, estava cotada a abocanhar o título de maior cobra do planeta, com o reconhecimento do Livro Guinness dos Recordes.

O réptil, achado em um canteiro de obras de Penang, foi levado por agentes da Defesa Civil. Só que, dias após a captura, a píton morreu misteriosamente, o que põe fim à tentativa de bater o recorde. O caso está sendo investigado.

Shazree Mustapha, relações-públicas da Defesa Civil da Malásia, ofereceu uma explicação inusitada para a morte do animal, de acordo com o jornal "Guardian":

"Talvez ela tenha cometido suicídio. Talvez ela tenha se sentido ameaçada e tenha se matado."

Raymond Hoser, cientista que dá cursos para manuseio de répteis, afirmou que cobras não se matam e que a píton deve ter morrido em decorrência de algum ferimento interno.


A operação de captura durou 30 minutos (Crédito: Defesa Civil da Malásia)
A operação de captura durou 30 minutos (Crédito: Defesa Civil da Malásia)
Fonte: Com informações do Globo.com