ESP: Maquinista de trem acidentado é acusado de homicídio por imprudência

O anúncio foi feito pelo ministro do Interior espanhol, Jorge Fernández Díaz

O maquinista Francisco José Garzón, do trem que descarrilou na última quarta-feira em Santiago de Compostela, na Espanha, recebeu neste sábado alta médica e foi levado a uma delegacia, onde foi comunicado de que é acusado por um crime de homicídio por imprudência.

O anúncio foi feito pelo ministro do Interior espanhol, Jorge Fernández Díaz.

Anteriormente, em uma visita ao local do acidente, o ministro tinha justificado a detenção do maquinista com o argumento de que havia "claros indícios para isso", sem dar mais detalhes.

Fonte: r7