Maratonista sofre AVC quando corria e tem parte do crânio removida

O maratonista teve um AVC enquanto corria e lado esquerdo parou

O maratonista Alex Valentine, 21 anos, sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) no momento em que corria na Meia Maratona de Leeds, no Reino Unido, no ano passado, e por isso teve parte de seu crânio removida.

Ele conta que repentinamente, o lado esquerdo do seu corpo parou de funcionar.

"Me Me senti um pouco tonto durante os primeiros 16 km, mas coloquei a culpa na fadiga e continuei correndo. Então, metade do meu corpo "parou"  e eu cai na pista. Foi muito confuso", disse.

O atleta foi imediatamente levado ao hospital, onde os cirurgiões removeram parte de seu crânio, com o objetivo de parar o inchaço — que já estava esmagando seu cérebro. Ele teve que passar seis meses num centro de avaliação neurológica, usando um capacete para protegar a parte exposta do crânio.

Agora, passado quase um ano do ocorrido, o maratonista já consegue andar com ajuda de uma tala nas pernas e auxílio de uma bengala. Mas, teve que reaprender a fazer o básico, como falar e usar o banheiro, e precisou de uma cadeira de rodas para se locomover por um tempo.

O maratonista disse que sonha em voltar a correr novamente muito em breve.

"Eu quero voltar ao mundo fitness. Faço exercícios todos os dias agora. O objetivo é voltar a correr".


Maratonista tem parte do crânio removida
Um ano depois, Valentine está se recuperando


Um ano depois, Valentine está se recuperando
Um ano depois, Valentine está se recuperando
Um ano depois, Valentine está se recuperando
Um ano depois, Valentine está se recuperando





Fonte: Com informações do R7