Marido de mulher assassinada com vestido de noiva fez ligação estranha e desapareceu

Marido de mulher assassinada com vestido de noiva fez ligação estranha e desapareceu

Ao longo do relacionamento, já houve casos de agressão. Mas a polícia não encontrou nenhuma queixa policial p

Autoridades que investigam a morte de Estrella Carrera, a recém-casada encontrada morta ainda usando o vestido de noiva em Burbank, na região metropolitana de Chicago, disseram nesta quarta-feira (16) que estão cientes de uma ligação que Arnoldo Jiménez fez no dia em que o corpo foi achado, no domingo (13).

Jiménez, que se casou com Carrera na última sexta-feira (11), está sendo procurado pela polícia como suspeito de homicídio. O corpo da mulher de 26 anos foi achado esfaqueado dentro de uma banheira vazia no último domingo, dois dias depois do casamento.

Um parente de Jiménez disse que recebeu uma ligação dele, chorando e nervoso, afirmando que havia deixado a mulher sangrando depois de uma "briga feia". A informação foi passada pela irmã de Estrella, Jazmín Carrera, que diz ter sido avisada sobre a ligação por uma irmã do acusado.

Arnoldo Jiménez, de 30 anos, foi visto pela última vez dirigindo um veículo preto da marca Maserati. De acordo com a polícia, suspeita-se que o crime ocorreu apenas horas após o casamento, então Jiménez pode ter tido mais de um dia para fugir da cidade ou até mesmo do estado. O homem mede 1,83 metro e pesa cerca de 100 quilos.

No início das investigações, a polícia não divulgou nome ou foto de Jiménez porque ele ainda não havia sido formalmente acusado.

A mulher não havia contado a quase ninguém de sua família sobre seu casamento, convidando apenas alguns amigos já no dia da cerimônia sem dizer do que se tratava a celebração, informaram familiares.

Pessoas próximas ao casal disseram que, ao longo do relacionamento, já houve casos de agressão. Mas a polícia não encontrou nenhuma queixa policial por parte da mulher. Tampouco tem indícios de que eles estivessem brigando na festa do casamento.

Carrera foi achada depois de familiares darem por sua falta quando ela não apareceu para buscar os dois filhos, uma menina de 9 anos e um menino de 2, segundo a TV local KTLA.

A mulher e seu marido, que é pai do menino de 2 anos, estavam em uma relação conturbada havia 3 anos, segundo uma prima da vítima.

Fonte: G1