Médica é encontrada morta em uma chaminé

O homem, que não teve sua identidade revelada, se recusou a comentar o ocorrido

Uma médica de 49 anos foi encontrada morta em uma chaminé da casa do homem com quem mantinha um relacionamento, após aparentemente ter tentado entrar na casa, noticiou nesta quarta-feira (1º) o site do jornal britânico "Daily Mail". O caso ocorreu em Bakersfield, na Califórnia.

Segundo a reportagem, Jacquelyn Kotarac primeiro tentou entrar na casa com uma pá, depois subiu a parede com escadas até o teto e desceu pela chaminé.

O corpo da médica foi encontrado três dias depois, após uma pessoa que estava na casa ter sentido um cheiro estranho vindo da chaminé, segundo a polícia de Bakersfield.

O homem, que não teve sua identidade revelada, se recusou a comentar o ocorrido e só disse que eles estavam em um relacionamento "de idas e voltas". De acordo com o "Daily Mail", bombeiros ficaram cinco horas desmontando a chaminé para retirar o corpo.

Fonte: g1, www.g1.com.br