Médico é acusado de dopar e estuprar uma criança por dois anos e meio

Médico é acusado de dopar e estuprar uma criança por dois anos e meio

A menina fez a denúncia a um professor; o médico nega as acusações.

Um médico britânico é acusado de abusar sexualmente de uma menina de 10 anos e medicá-la em segredo com antidepressivos.

Stephen Hamilton, de 45 anos, teria feito a garota usar o medicamento de princípio ativo citalopram, que não é indicado para crianças, antes de começar a estuprá-la.

Os abusos teriam ocorrido em Altrincham, em Greater Manchester, durante dois anos e meio, entre 2006 e 2009.

As informações são do tabloide britânico Daily Mail.

A promotoria afirma que o médico ameaçava matar a menina, a agarrando pelo pescoço e dizendo: "Você merece morrer".

O médico foi preso após a garota denunciá-lo para um professor, em novembro de 2011.

Ele nega todas as acusações, que vão de abuso sexual a crueldade contra crianças.

O julgamento ainda está em curso.

Fonte: R7, www.r7.com