Médicos esquecem pinças dentro de corpo de paciente na Inglaterra

O hospital universitário em que o caso ocorreu disse ontem que uma investigação tinha sido aberta.

Um homem teve que passar por uma cirurgia de emergência depois que os médicos deixaram um par de pinças dentro do seu corpo durante uma operação de apêndice.



Os instrumentos cirúrgicos, com oito polegadas de comprimento, foram deixados dentro de um paciente em um hospital em Kent, no Reino Unido, e só foram descobertos semanas mais tarde, depois que ele voltou para a enfermaria para uma rotina de raios-X.

O hospital universitário em que o caso ocorreu disse ontem que uma investigação tinha sido aberta.

"Estes são eventos que não devem acontecer e acontecem muito raramente", disse a enfermeira-chefe do hospital, que completou: "Nos últimos três anos, só tivemos um desses eventos e cada ano fazemos cerca de 90.000 procedimentos cirúrgicos. É uma prática padrão para todos os instrumentos cirúrgicos a serem contados, tanto antes como depois de uma operação para verificar se algum deles está faltando".

Outro paciente teve um pequeno fragmento de uma broca deixado dentro da palma da sua mão. Ficou decidido que as brocas deveriam ser deixadas no interior do paciente.

Fonte: Daily Mail