Melhor escola da Inglaterra tem mais alunos imigrantes e de baixa renda

Apenas 20% dos alunos da instituição têm o inglês como língua materna


Melhor escola da Inglaterra tem mais alunos imigrantes e de baixa renda

No início do mês de julho, a St Mary"s Church of England, localizada no estado de Manchester, foi escolhida como a melhor escola de ensino fundamental da Inglaterra. A instituição foi vencedora do maior prêmio do País na área, o Times Education Supplement (TES) School Awards, e tem características muito peculiares: a maioria de seus alunos é imigrante e tem baixa renda.

A escola tem estudantes de origem árabe, africana e de países do leste europeu, como a Lituânia. O cenário faz com que apenas 20% dos alunos tenham o inglês como língua materna, o que se torna um desafio ainda maior para o ensino.

Além disso, cerca de 80 por cento dos alunos vêm de famílias de baixa renda. ? Esta é uma escola maravilhosa, que tem um recorde impressionante de realizações em circunstâncias extremamente difíceis, disseram juízes da premiação.

Dentre as línguas nativas dos alunos da St Mary"s estão o árabe, o curdo, o holandês, o polonês, o lituano e o wolof ?língua regional falada nos países africanos Senegal e na Gâmbia.

A St Mary foi premiada por sua tentativa incrível de elevar as aspirações dos alunos. No ano passado, a escola havia sido mencionada no prêmio TES por ter elaborado um projeto que oferecia ajuda a pais desempregados para que encontrassem encontrar colocações de trabalho.

Na entrega do prêmio, em Londres, a professora de alfabetização da escola, Jenny McGarry, comentou cinco pontos principais para impulsionar o progresso dos alunos: ?Tenha expectativas altas, certifique-se de que está cercado por uma excelente equipe, incentive comportamentos positivos, envolva-se com os pais e com comunidade e aproveite todas as oportunidades para melhorar a aprendizagem dos alunos".

Fonte: r7